Administração Municipal incentiva a produção de mel de abelha

0

Apicultores do município vêm investindo na produção de mel de abelha, como uma forma de aumentar a renda de suas famílias. Para apoiar essa atividade a Administração doou através da Codevasf, kits contendo todo o material necessário, sendo um suporte de caixas, uma caixa ninho completa, duas melgueiras, um macacão, um fumigador, um par de botas, um par de luvas e 5 kg de cera alveolada, para o desenvolvimento da apicultura no município. Foram atendidas 37 famílias, sendo que cada uma recebeu 10 kits.

Com o intuito de organizar o projeto no município, foi criada a associação dos apicultores para que os produtores participem dos trabalhos de desenvolvimento que estão sendo mobilizados para o Norte de Minas pelos órgãos competentes.

Também foi habilitado um técnico, que presta assessoria às famílias, bem como realizadas diversas capacitações para os agricultores, que são aproximadamente 50 produtores da associação de apicultores.

Acelmo Freire, servidor municipal que foi qualificado para dar assistência aos apicultores, explica que o projeto está em fase inicial e que a Administração tem dado o suporte necessário para o desenvolvimento dessa atividade no município, “A prefeitura contratou um especialista que é referência na apicultura para dar assistência durante quatro meses. Os que se profissionalizarem nessa atividade têm condição de se manterem com ela. A associação está se empenhando ao máximo e com a ajuda e dedicação do prefeito, esperamos atingir uma produção significativa de mel”, finalizou.

A produção do mel de aroeira é o foco do município. A partir de pesquisas que vem sendo realizadas, foi constatado na região um grande potencial antimicrobiano neste mel. Os benefícios dele estariam associados ao tratamento de doenças de pele e infecções gastro-intestinais ou do trato urinário, e também em casos de infecção hospitalar, em que as bactérias são muito resistentes a antibióticos.

A apicultura é uma importante fonte de recursos financeiros para as famílias. “A comercialização desse produto implica ganhos para a sociedade e, principalmente, para a região, pois agrega valor econômico e social ao município”, destaca o prefeito Marquim.

Ubaí, 15 de maio de 2019

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here