NOTA DE REPÚDIO Notícias




 

Na data de 27/12/2018 foi postado no grupo de conversas dos servidores
de Ubaí-MG do aplicativo “Whatsapp”, pela servidora Silvana Alves da Costa, integrante
da comissão sindical, um informativo a respeito de sua atuação perante esta
Administração do Município de Ubaí-MG, onde foram expostas inverdades e graves
acusações contra esta Adminsitração.
Cumpre informar, que a atual Gestão vem buscando honrar com todos os
compromissos firmados, sobretudo com o pagamento pontual dos salários, a despeito
da retenção abusiva dos recursos municipais pelo Estado de Minas Gerais.
No que pese aos servidores da Educação, recomposição dos salários
destes servidores tem sido a meta primordial desta Gestão, em razão do congelamento
dos salários da classe nos 4 (quatro) anos da Gestão anterior. Assim, foi concedida a
gratificação por produtividade pela Lei 402 de 02 de Abril de 2018, no importe de 28%
(vinte e oito por cento) sobre o salário base de cada professor, no entanto, a efetiva
incorporação da verba ao salário poderia ocorrer mediante novo estudo de impacto
econômico e financeiro a ser realizado após 90 (noventa dias) da publicação da lei, que
se deu em abril de 2018. .
No entanto, foi justamente no mês de abril de 2018 iniciaram-se os atrasos
e apropriações indevidas dos recursos municipais do FUNDEB, IPVA E ICMS pelo
Estado de Minas Gerais, o que impactou severamente nas contas e no orçamento
municipal inviabilizando a incorporação definitiva da gratificação aos salários dos
professores.
Estas informações foram passadas aos representantes do SINDSERV
em diversas oportunidades e por isso as acusações feitas na referida mensagem
de forma leviana e genérica de que ocorreram “descontos indevidos”, “roubo”,
”fraude”, “enriquecimento ilícito” e “golpes” são veementemente repudiadas e
serão tomadas todas as providências, inclusive judiciais.
Ubaí-MG, 27 de dezembro de 2018.
MARCO ANTÔNIO ANDRADE
Prefeito do Município de Ubaí-MG.

Na data de 27/12/2018 foi postado no grupo de conversas dos servidoresde Ubaí-MG do aplicativo “Whatsapp”, pela servidora Silvana Alves da Costa, integranteda comissão sindical, um informativo a respeito de sua atuação perante estaAdministração do Município de Ubaí-MG, onde foram expostas inverdades e gravesacusações contra esta Adminsitração.
Cumpre informar, que a atual Gestão vem buscando honrar com todos oscompromissos firmados, sobretudo com o pagamento pontual dos salários, a despeitoda retenção abusiva dos recursos municipais pelo Estado de Minas Gerais.
No que pese aos servidores da Educação, recomposição dos saláriosdestes servidores tem sido a meta primordial desta Gestão, em razão do congelamentodos salários da classe nos 4 (quatro) anos da Gestão anterior. Assim, foi concedida agratificação por produtividade pela Lei 402 de 02 de Abril de 2018, no importe de 28%(vinte e oito por cento) sobre o salário base de cada professor, no entanto, a efetivaincorporação da verba ao salário poderia ocorrer mediante novo estudo de impactoeconômico e financeiro a ser realizado após 90 (noventa dias) da publicação da lei, quese deu em abril de 2018. .
No entanto, foi justamente no mês de abril de 2018 iniciaram-se os atrasose apropriações indevidas dos recursos municipais do FUNDEB, IPVA E ICMS peloEstado de Minas Gerais, o que impactou severamente nas contas e no orçamentomunicipal inviabilizando a incorporação definitiva da gratificação aos salários dosprofessores.
Estas informações foram passadas aos representantes do SINDSERVem diversas oportunidades e por isso as acusações feitas na referida mensagemde forma leviana e genérica de que ocorreram “descontos indevidos”, “roubo”,”fraude”, “enriquecimento ilícito” e “golpes” são veementemente repudiadas eserão tomadas todas as providências, inclusive judiciais.
Ubaí-MG, 27 de dezembro de 2018.

MARCO ANTÔNIO ANDRADE

Prefeito do Município de Ubaí-MG.

 



 
 
 
 

Prefeitura Municipal de Ubái-MG
  Rua Francisco Macambira, 37 - Centro - Ubaí-MG - CEP: 39320-000
Telefone: (38) 3633-1113
email: prefeitura@ubai.mg.gov.br
www.ubai.mg.gov.br

Versão 3.0